Você Sabe Como Dar Banho no seu Cão?

Muitos cães não são adpetos a tomarem banho, mas para manter sua saúde e qualidade de vida é muito importante serem limpos! De acordo com a raça essa necessidade pode ocorrer mensalmente até semanalmente. Sendo que os que necessitam de menos banho precisam ser escovados e limpos com o banho a seco.

Algumas pessoas preferem dar o banho no seu pet em casa, o que pode ser saudável para o animal e mais indicado, mas requer paciência do dono, visto que cão e dono devem se acostumar com o hábito aos poucos para que o cão não fique estressado ou agitado e o o dono conecte-se com seu melhor amigo e torne um hábito prazeroso ganhando muita intimidade com o cão.

Por que banho em casa?

Um dos vários benefícios de dar banho no seu pet é que é um momento de extremo contato, gerando assim uma empatia e amizade muito grande entre dono e cão. Essa relação é extremamente saudável, aumentando o vínculo que você tem com seu melhor amigo. Importante salientar que requer cuidados e é recomendado que o cão tenha mais de 40 dias de vida para tomar seu primeiro banho.

 

Preparativos

Para que a experiência seja agradável devemos escolher os produtos e pedir conselhos para o veterinário ou experts no assunto, esses cuidados são importantes para ter o melhor resultado e evitar alergias e problemas de pelagem. Saber qual shampoo e condicionador é o mais adequado para o seu amigo, vai lhe trazer um resultado muito melhor e mais prolongado. Outros pontos importantes é algodão pros ouvidos e uma toalha para assim que sair do banho. Ter uma escova que seja recomendada para escovação e um pente de especifico também. Separe as escovas e pentes juntamente com um secador potente e solução para limpeza de ouvidos e soro fisiologico. Depois, escolha o local ideal para o banho, levando em conta a agitação e o tamanho do cão. Escolha um lugar onde nem ele e nem você possam se machucar. Outro ponto é a temperatura da água, e no caso de cães mais delicados locais com abrigo de vento são essenciais.

Tudo já pronto, escove levemente os pêlos do seu cão para tirar os nós, com os pelos molhados depois do banho isso não vai ser possível. A água usada deve ser sempre morna, o frio incomoda e pode deixar seu pet inquieto e a água quente pode queimar a pele dele, já que ele não transpira como a gente. A orelha do cão é muito sensível à água e deve ser protegida com algodão, tomando cuidado para que não seja pequeno e fique difícil de tirar depois. Outra dica é para nunca utilizar cotonete no pet, pode machucar a parte interna da orelha dele.

 

A hora do banho

Comece jogando água com as mãos ou com um copo de leve para que ele se acostume, sempre começando da região do rabo e indo até a região do pescoço. Ao molhar a cabeça, tome cuidado para não molhar nem os ouvidos e nem o nariz. Repita o processo passando xampu e na hora de enxaguar. Não deixe restos de sabonete para trás porque pode causar problemas na pelagem do seu pet.

 

Após do banho

Comece a secar com a toalha para tirar bem o excesso de água, mesmo tendo pêlos curtos usar o secador é muito importante para evitar que a pele embaixo da pelagem fique umida ocasionando fungos e dermatites. É indicado manter alguma distância para não incomodar o cão e nunca usando o ar quente a ponto de queimar, é aconselhado usar o morno. Retire o algodão dos ouvidos e certifique-se de que está bem seco, indicado nesse momento utilizar a solução de limpeza e mais algodão para secar! Seco é só finalizar com laços e roupinhas se você for adepto e claro com muitos beijos!!!

Se você notar algum problema como falha na pelagem, algum odor estranho ou algo fora do comum, contate imediatamente seu médico veterinário.

 

 E a Dica mais Relevante: Aproveite esse momento único de relacionamento com seu melhor Amigo!! 

 

Clique aqui e Saiba mais Dicas.